Quadro clínico

Dentre as manifestações clínicas causadas após um AVC, encontram-se disfunções motoras, sensoriais, do equilíbrio e na mobilidade (manutenção da posição corporal, transferências, deambulação)1,2, alterações na coordenação, distúrbios da comunicação (linguagem falada, escrita), déficits no campo visual, comprometimentos cognitivos como dificuldade no aprendizado e aplicação de conhecimentos, atenção, pensamento, cálculos, resolução de problemas, memória e orientação, intelectuais e de linguagem 3.

Estas alterações são dependentes de fatores como, o número de eventos ocorridos, tamanho e extensão da lesão, localização anatômica e gravidade.

1 KANDEL, E. R.; SCHWARTZ, J. H.; JESSELL, T. M. Principles of neural science. New York: McGraw-Hill. v. 4 p. 1302–1316.
2 CAURAUGH, J.H.; LIGHT, K.; KIM, S.B.; THIGPEN, M.; BEHRMAN, A; MARAJ, R. Chronic Motor Dysfunction After Stroke: Recovering Wrist and Finger Extension by Electromyography-Triggered Neuromuscular Stimulation. Stroke, v. 31, p.1360-1364, 2000.
3 CUMMING, T. B. et al. The effect of physical activity on cognitive function after stroke : a systematic review. International psychogeriatrics, v. 24, n. 4, p. 557–567, 2012.